O BRASILEIRO E A SÍNDROME DE ESTOCOLMO LUSITANA

13,00 IVA incluído


Back Cover
Categoria: Etiqueta:

Description

Aqueles que detinham o exercício do poder em 1888 promoviam um cabo de guerra entre o pensamento liberal, o industrialismo, o meio de vida urbano e o oposto de tudo isso, que nos bem serviu desde início, quando precisávamos povoar o Brasil, quando era necessário estabelecer um poder regionalizado que nos garantisse a unidade. Era preciso substituir a Monarquia.

Os privilegiados que detinham o exercício do poder em 2016 promoviam um cabo de guerra entre articulações de diversas naturezas com o intuito de manterem-se no poder. Era preciso substituir o governo. O que mudou?